O mais recente disco dos Bon Iver completou, este verão, dois anos de vida, mas o seu sucessor não deverá ver a luz do dia tão cedo. Em entrevista à rádio australiana Triple J, Justin Vernon confessou que tem estado afastado do projeto que lhe valeu dois Grammys em 2012.

«O último disco dos Bon Iver aconteceu muito à base de sentar-me com a guitarra no colo e compor, (...) [mas] eu já quase que não escrevo canções», afirmou o criador principal dos Bon Iver.

«Eu teria de estar num estado mental muito específico para começar sequer a pensar numa ideia que desse origem a um novo álbum dos Bon Iver, e estou bem longe disso», acrescentou Vernon.

O músico norte-americano tem dedicado o seu tempo aos Volcano Choir, um dos muitos projetos em que colabora. A banda, que inclui vários elementos dos Collections of Colonies of Bees, acaba de lançar o segundo álbum de estúdio, «Repave».

Feliz pela música que tem feito «fora dos Bon Iver», Justin Vernon explicou ainda: «Sinto-me muito honrado pelo facto dos Bon Iver oferecerem uma plataforma para eu fazer o que quiser, mas quando te vasculhas a ti próprio vais sempre acabar por atingir um ponto em que te tornas demasiado isolado dos outros. E eu não tenho pressa nenhuma de voltar a isso».