O festival Paredes de Coura vai arrancar na quarta-feira, naquilo que a organização classifica como uma “edição histórica”, depois de, ao 23.º ano, terem esgotado os passes gerais, esperando “a maior enchente de sempre”.
 

“Podemos esperar uma edição histórica. São 23 anos de festival, que já trouxeram a Portugal momentos maravilhosos. Um festival que influenciou gerações. Diariamente encontro pessoas que começaram a ouvir música porque vieram a Paredes de Coura ou formaram uma banda [...] ou começaram a fazer um festival, porque vieram a Paredes de Coura”, disse à Lusa o diretor do Vodafone Paredes de Coura, João Carvalho.


O festival minhoto tem como cabeças de cartaz artistas como TV on the Radio, Tame Impala, War on Drugs ou Lykke Li e tem apenas disponíveis 500 bilhetes diários para quinta-feira e cerca de mil para os restantes, de acordo com a organização.
 

“Esta edição é uma edição histórica para nós, porque procurávamos esgotar há 23 anos. Nunca foi uma coisa que ambicionássemos de forma desmedida, mas achávamos que já era merecido. E uma coisa necessária para que, em termos orçamentais, pudéssemos estar mais descansados”, afirmou João Carvalho.


O também cofundador do festival ressalvou que a satisfação pelo nível de vendas é acompanhada por uma “pontinha de tristeza”, por quem não conseguiu comprar passe geral para os quatro dias do evento.

“Conhecemos casos de pessoas que vinham ao festival há vários anos e este ano não o podem fazer”, disse o responsável do evento, apelando para que os interessados para 2016 comprem entradas o mais cedo possível.

João Carvalho disse que as zonas de campismo, das casas de banho e de chuveiros foram aumentadas, mas que, no futuro, o que pretendem não é “aumentar o festival, mas retocar aqui e ali”.
 

“Há ali espaços que podemos melhorar no sentido de as pessoas não estarem tão inclinadas e terem melhor visibilidade para o palco. É levar o anfiteatro à manicure. É um festival que pode aumentar em mil, duas mil pessoas, mas não mais”, declarou João Carvalho, lembrando que a lotação do espaço é de 25 mil pessoas por dia.


O festival Paredes de Coura inicia-se na quarta-feira, com apenas o palco principal ativo, onde vão atuar TV on the Radio, Slowdive, Blood Red Shoes, Ceremony e Gala Drop.