Bruno Mars foi o protagonista do espetáculo no intervalo do Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano, mas acabou por contar com a ajuda dos Red Chili Peppers para animar ainda mais a festa.

No domingo à noite, na já tradicional atuação musical em pleno estádio do Super Bowl - este ano em East Rutherford (Nova Jérsia) -, o cantor havaiano até começou sozinho em palco, mostrando os dotes na bateria. Já com o resto da sua banda em ação, Mars passou em revista alguns dos seus maiores êxitos, como «Locked Out of Heaven», «Treasure» e «Runaway Baby».

Mas à chamada do refrão de «Give It Away», os Red Hot Chili Peppers também subiram ao palco para recordar o seu próprio single, de 1991, juntando-se a Bruno Mars.

Para fechar a atuação de cerca de um quarto de hora, «Just The Way You Are» incluiu mensagens e dedicatórias de soldados do exército e da marinha norte-americanos em missão no estrangeiro. E o final da festa no intervalo do Super Bowl fez-se com fogo de artifício.


BRUNO MARS (& Red Hot Chili Peppers) - Live At... por UnderProject

Antes do início do jogo entre os Seattle Seahawks e os Denver Broncos, Queen Latifah surgiu acompanhada de um coro de jovens de Nova Jérsia para «America The Beautiful», enquanto que o hino nacional dos EUA foi cantado pela soprano Renée Fleming.





Quanto ao jogo, o Super Bowl foi ganho pelos Seahawks, que derrotaram os Broncos por um contundente 43-8. O MVP (melhor jogador da partida) foi Malcolm Smith, linebacker da equipa de Seattle.