Carminho em Madrid

Reportagem de Carla Pereira d Ascensão, imagem de João Pedro Matoso
15 de Março de 2012 às 21:49
Partilhar
"Não é possível dar números" de jihadistas portugueses

"A maior parte daqueles terroristas portugueses que se deslocaram para a Síria e o Iraque têm nacionalidade portuguesa, mas são oriundos de comunidades que vivem no estrangeiro", disse Rui Machete, ministro dos Negócios Estrangeiros, no final de um encontro ministerial em Madrid - no quadro da Reunião do Comité Contra o Terrorismo do Conselho de Segurança da ONU