Feminista assumida, a cantora norte americana explicou num artigo à revista «Out», publicado na terça-feira, porque canta sobre a libertação sexual das mulheres e que espera com as suas canções inspirar muitas mulheres.

«Gosto de acreditar que a minha música abre essas portas. Há um poder incrível na libertação sexual e as mulheres deviam ser donas da sua sexualidade. Há uma duplicidade d e critérios no que toca à sexualidade que teima em persistir. Os homens são livres e as mulheres não. E isso é estúpido. Os parâmetros antiquados fizeram de nós vítimas, submissas e frágeis. Mas as mulheres são muito mais do que isso. Podes ser uma mulher de negócios, uma mãe, uma artista e uma feminista ¿ tudo aquilo que quiseres ¿ e ainda um ser sexual».

A explicação de Beyoncé para a sua inspiração.