O cantor Chris Brown foi, esta segunda-feira, a tribunal, por suspeita de ter batido num carro e fugido em seguida, avançam os meios de comunicação internacionais.

Mas este acidente de trânsito pode levar o cantor à prisão. Recorde-se que Chris Brown está em liberdade condicional, após ter agredido Rihanna, em 2009, a sua namorada à época.

Na altura, a sua sentença foi de cinco anos de liberdade condicional, 180 dias de trabalho comunitário e reabilitação contra violência doméstica.

Se ficar, agora, provado que o músico violou a liberdade condicional, Chris Brown arrisca-se a ser preso e a pena pode chegar aos quatro anos. O Ministério Público norte-americano já pediu que a sua liberdade condicional fosse revogada, refere a «CNN».