Miley Cyrus lidera atualmente a votação, feita pelos leitores da revista «Time», para a escolha da Personalidade do Ano. Segundo o inquérito que está a decorrer no site da publicação, a cantora norte-americana teve um papel de destaque maior em 2013 do que outras figuras como Edward Snowden ou o Papa Francisco.

Com 23,8 por cento dos votos, Miley está bem à frente do segundo classificado, o primeiro-ministro da Turquia, que tem enfrentado com mão de ferro a contestação do povo nas ruas. Recep Erdogan tem 16,4 por cento dos votos.

Edward Snowden, o homem que revelou que os serviços secretos norte-americanos realizaram escutas ilegais nos EUA e no resto do mundo, tem 4,8 por cento dos votos, enquanto que o novo Papa Francisco é escolhido por apenas 1,2 por cento dos leitores da «Time».

O resultado da votação, aberta até 4 de dezembro, será revelado dois dias mais tarde, mas não será a escolha oficial da «Time». A verdadeira Personalidade do Ano, segundo os editores da revista, será revelada a 11 de dezembro. Em 2012, o distinguido foi Barack Obama, presidente dos EUA.