A freira siciliana que ganhou a edição italiana do concurso musical «The Voice», Cristina Scuccia, lança terça-feira o seu primeiro disco, depois de ter conquistado milhões de fãs na Internet.
 
Cristina Scuccia, conhecida como irmã Cristina, de 26 anos, é membro da congregação das Ursolinas da Sagrada Família e, na audição «às cegas», no programa televisivo «The Voice» Itália, apresentou-se com o hábito da congregação e acompanhada por religiosas da comunidade e familiares.
 
Cristina Scuccia estreou-se no programa a 19 de março com a música «No one», de Alicia Keys, vídeo que conta atualmente com mais de 70 milhões de visualizações no Youtube.
 
O primeiro disco, intitulado «Sister Cristina», é composto sobretudo por versões de temas internacionais, incluindo o sucesso «Like a Virgin», um original de Madonna, lançado quatro anos antes do nascimento da religiosa.

 

A irmã Cristina explicou, domingo, numa entrevista televisiva, que escolheu esta canção de Madonna para integrar o disco por falar de amor e porque, no seu entender, o amor também pode ser interpretado num sentido místico.
 
O disco será lançado pela Republic Records, a mesma editora de Lord e Jessie J, e incluirá ainda versões de músicas de Keane, Jessie J's, Coldplay, Cyndi Lauper e Duran Duran, entre outros.
 
O vídeo foi também gravado em Veneza, como o vídeo original de Madonna.
 
Na entrevista, a freira assegurou que não mudou em nada o seu modo de vida, apesar do sucesso que alcançou.
 
Cristina Scuccia, que se descreve como uma antiga rebelde em rutura com a religião, alterou o seu percurso quando interpretou, por brincadeira e desafiada pela fundadora das Ursolinas, a personagem Santa Angela de Merici, numa comédia musical encenada em 2008, pela congregação, em Palermo, na Sicília.
 
Entrou para o noviciado um ano mais tarde, antes de partir para o Brasil para viver e trabalhar com as crianças de rua. Tomou os primeiros votos na congregação das Ursolinas há dois anos.