Os ingleses The Vaccines, Toy e Hot Chip motivaram momentos de grande entusiasmo na terceira noite do 21.º festival de Paredes de Coura, que registou, entre quinta-feira e a madrugada desta sexta-feira, a primeira grande enchente.

Os londrinos The Vaccines subiram ao palco principal perto do fim da noite de quinta-feira e, durante cerca de uma hora, fizeram vibrar os milhares que já enchiam a plateia.

A banda liderada por Justin Young fez desfilar grande parte das canções dos seus dois álbuns editados, «What did you expect from The Vaccines» e «Come of Age».

A banda, que a crítica especializada mantém sob elevadas expectativas, ofereceu um espetáculo enérgico e revelou vastas influências, como The Clash, Ramones, Blur e mesmo The Strokes, refere a Lusa.

No palco secundário, os também londrinos Toy conseguiram empolgar os que vão em busca de sons mais alternativos.

Um pouco diferentes dos géneros anteriores, mas também com origem em Londres, os Hot Chip basearam o espetáculo nos seus muito dançantes trabalhos, nomeadamente de «In Our Heads», editado no ano passado.

Também nas ondas da eletrónica, os suecos The Knife fecharam com um espetáculo com muita encenação, algo menos habitual nos géneros e bandas que por ali têm passado.

Esta sexta-feira sobem aos palcos do festival Vodafone Paredes de Coura bandas como Echo & the Bunnymen, The Horrors, Peace, Cold Cave, Icage, Citizens, Noiserv e The Glockenwise.