O músico Jay Z foi agredido pela irmã de Beyoncé após a gala Gala Met. Tudo isto se passou num elevador e, se Solange, irmã de Beyoncé, se conteve durante a gala em frente às câmaras, assim que entraram no elevador «atirou-se» ao cunhado com a irmã ao lado.

Até ao 12º andar, onde o elevador parou por ação do segurança, que carregou no botão - provavelmente para que a briga não se tornasse pública -, a tensão subiu e bastante. Solange chegou a tentar dar um pontapé em Jay Z, mas ele agarrou-a. O músico nunca ripostou os ataques e o segurança tentou imobilizar sem agredir a irmã da cantora que defende o «poder das mulheres» nas suas músicas. Beyoncé esteve presente, mas não se meteu na briga.

A briga é uma espécie de filme mudo, com imagens mas sem som, pelo que não se sabe o que levou à cólera de Solange, que ainda deu mais uns «safanões» ao cantor à saída para o carro. Beyoncé e a irmã seguiram numa viatura e Jay Z e o segurança numa outra.

Longe das câmaras de televisão, mas não do circuito de vigilância interno, as imagens acabaram por chegar às mãos do TMZ.