O novo álbum de Bob Dylan, «Shadows in the Night», o 36.º de estúdio da carreira do músico norte-americano, inteiramente dedicado a «standards» de Frank Sinatra, é editado esta segunda-feira em Portugal, segundo a discográfica Columbia Records.

«Shadows in the Night» é produzido por Jack Frost e constituído por dez faixas, todas correspondentes a «covers» de canções celebrizadas pela «Voz», o «Ol’Blue Eyes», da canção norte-americana.

«Foi um verdadeiro privilégio fazer este álbum. Não me vejo a disfarçar estas canções de qualquer forma. Já estiveram disfarçadas tempo suficiente. Na verdade, enterradas. Eu e a minha banda estivemos a destapá-las. Retirá-las do buraco e trazê-las à luz do dia. Queria fazer algo deste género há muito tempo, mas nunca tive coragem suficiente para bordar arranjos complicados de [orquestras de] 30 elementos e reduzi-los a uma banda com cinco. É essa a chave para todos estes desempenhos. Conhecemos estes temas extremamente bem. Foi tudo feito ao vivo. Talvez em um ou dois takes».


Para Rob Stringer, presidente da Columbia Records, «Bob Dylan conseguiu encontrar uma forma de dar uma nova vida e relevância contemporânea a estes temas». «É um disco magnífico e estamos extremamente entusiasmados por o apresentar ao mundo», prometeu.

«Shadows in the Night» sucede a «Tempest», editado pelo músico em 2012.

O cantor, poeta e compositor norte-americano já vendeu mais de 125 milhões de discos em todo o mundo, segundo dados relevados pela discográfica.