A digressão europeia dos britânicos Rolling Stones, a «14 on fire tour», começa esta segunda-feira em Oslo e chega a Lisboa na quinta-feira, para um concerto já esgotado no festival Rock in Rio Lisboa, no Parque da Bela Vista.

A histórica banda rock iniciou uma nova digressão - que é semelhante à tour dos 50 anos de carreira - em fevereiro passado, mas só agora chega à Europa, com grande parte dos concertos já esgotados.

Este é o regresso de Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ron Wood a Portugal, país onde já atuaram por cinco vezes entre 1990 e 2007 (em Coimbra, Porto e Lisboa), tendo uma das vezes contado com a participação da fadista Ana Moura.

Nesta nova digressão, o quarteto de rock contará em palco com outros músicos de apoio e também com o guitarrista Mick Taylor, ex-Rolling Stones.

A digressão europeia - que inclui uma passagem por Israel a 04 de junho, terminará em julho no festival Roskilde (Dinamarca), sendo retomada no outono com concertos na Austrália e Nova Zelândia, que tinham sido cancelados por causa da morte, em março, da designer de moda L'Wren Scott, namorada de Mick Jagger.

Os Rolling Stones, que não editam álbuns de originais desde "A Bigger Bang", de 2005, prometem um concerto de clássicos - afinal são 50 anos de carreira - com temas como "Jumping Jack Flash", "Gimme Shelter", "Tumbling Dice", "Brown Sugar", "It's Only rock n'roll" e "Satisfaction".

No Rock in Rio, a banda entrará em cena às 23:45, sendo antecedida do guitarrista Gry Clark Jr, dos Xutos e Pontapés e de um concerto inédito que juntará Rui Veloso, Lenine e Angélique Kidjo.

Os Rolling Stones, cuja média de idade atual ronda os 70 anos, deram o primeiro concerto, num clube em Londres, a 12 de julho de 1962.

A primeira formação incluia Mick Jagger (voz), Keith Richards (guitarra), Brian Jones (guitarra), Mick Avory (bateria) e Mick Taylor (baixo).