O tenor espanhol Plácido Domingo está «completamente recuperado» da sua doença e disse estar «muito emocionado» por voltar a atuar no México, num concerto de beneficência no estado de Morelos, escreve a agência Lusa.

O cantor de ópera está «completamente recuperado» da embolia pulmonar que fez com que tivesse sido hospitalizado em julho, em Madrid, informou o filho, Álvaro Domingo, em conferência de imprensa.

O cineasta explicou que o seu pai já recuperou do «susto» que o levou a cancelar as atuações que tinha agendadas para a capital espanhola, o que enviou «um sinal de alarme», acrescentando que Plácido Domingo foi tratado «correta e rapidamente».

Depois de quatro semanas de repouso, o tenor e barítono retomou as suas atividades, mas deve continuar com o tratamento para a trombose na perna e tomar «algumas medidas» quando tiver de fazer viagens grandes, como «não passar muito tempo de pé nem muito tempo sentado».

No entanto, o filho do cantor garantiu que os concertos de Plácido Domingo foram «perfeitamente permitidos», pelo que poderá atuar este sábado no teatro grego de Berkeley, no estado norte-americano da Califórnia, e a 5 de outubro em Tequesquitengo, no estado mexicano de Morelos.

«Estou muito emocionado porque voltarei rapidamente a apresentar-me no México (...), junto do belo lago de Tequesquitengo, perto de Cuernavaca, a cidade da eterna primavera», afirmou o tenor, numa mensagem de vídeo.