O secretário-geral do Partido Socialista, António Costa, é o protagonista da mais recente canção de Vasco Palmeirim.

O animador da Rádio Comercial foi na cantiga de Ruth Marlene e escreveu "O Costa do Pisca-Pisca", onde está toda a atualidade política do momento, com as negociações do PS à esquerda e à direita.

A letra de "O Costa Pisca-Pisca":

"Todas as vezes que aqui há eleições
Quando saem os resultados nunca falha
Faz-me lembrar o desporto na escolinha
Ganham todos, ninguém perde e vão pra casa com uma medalha
 
No dia 4 repetiu-se a mesma história
E a confusão está instalada em Portugal
Qual o caminho? Quem decide é o Presidente
E enquanto ele pensa, o António vai fazendo este sinal
 
Ele olha pra direita e pisca, pisca
Ele olha para a esquerda e pisca, pisca
Anda pra aí a piscar o líder socialista
É de noite e de dia buscando uma maioria
O Costa do Pisca-Pisca
 
Ele olha pra direita (pst, pst) e pisca, pisca
Ele olha para a esquerda e pisca, pisca
Anda pra aí a piscar o líder socialista
Pisca porque lhe dá gozo, não é um tique nervoso
É o Costa do Pisca-Pisca
 
Há quem prefira acordo com a coligação
E há quem ache acordo à esquerda mais estável
O António vai ouvindo e vai falando, ao mesmo tempo vai piscando
É o “Piscador Implacável”

Pisca ao Passos, pisca ao Portas e à Europa
E pisca ao Bloco que já não tem lá o Louçã
Pisca ao Jerónimo, pisca aos Verdes e ao Cavaco
Pisca pra mudar de faixa e pisca ao POUS e pisca ao PAN
 
Ele olha pra direita e pisca, pisca
Ele olha para a esquerda e pisca, pisca
Anda pra aí a piscar o líder socialista
É de noite e de dia buscando uma maioria
O Costa do Pisca-Pisca!
 
Ele olha pra direita (pst, pst) e pisca, pisca
Ele olha para a esquerda e pisca, pisca
Anda pra aí a piscar o líder socialista
Pisca porque lhe dá gozo, não é um tique nervoso
É o Costa do Pisca-Pisca"