O tenor Plácido Domingo foi internado num hospital de Madrid, na segunda-feira, devido a uma embolia pulmonar. Em declarações à agência Reuters, o porta-voz do cantor assegurou que este não corre perigo de vida e que «está a responder muito bem aos tratamentos recebidos».

Seguindo ordens médicas, Domingo permanece em observação no hospital e terá de fazer «repouso completo» durante as próximas quatro semanas.

A recuperação do tenor de 72 anos obrigou-o a cancelar a sua participação em cinco sessões da ópera «Il Postino» que estará em cena no Teatro Real, em Madrid.

Plácido Domingo falhará também o concerto de apoio à candidatura da capital espanhola à organização dos Jogos Olímpicos de 2020. O espetáculo, com a Orquestra da Comunidade Valenciana, está marcado para 21 de julho e Domingo deveria ser o seu diretor musical.

Recorde-se que em 2010, Plácido Domingo foi submetido, com sucesso, a uma cirurgia para o tratamento de um cancro no cólon.