Os sons mais agrestes do rock vão estar presentes na programação desta sexta-feira do Festival Vodafone Paredes de Coura, mas também há eletrónica para dançar, num dia destinado a rever os Echo & The Bunnymen.

A banda britânica esteve em Portugal em 2012, nos concertos da Serra do Pilar, em Gaia. A atuação num festival como o de Paredes de Coura será certamente diferente, tendo em conta a plateia, onde haverá espetadores que nasceram quando os Echo & The Bunnymen estavam no auge das suas carreiras.

Na sua página na Internet, os Echo & The Bunnymen não hesitaram em declarar que, este ano, tinham «o prazer de voltar a tocar no Festival de Paredes de Coura, em Portugal», cita a Lusa.

A programação desta noite de Paredes de Coura, tem alguns capítulos para satisfazer aqueles que têm as suas raízes mais do rock, com declinação punk, como sejam Os The Horrors, os Iceage ou os portugueses The Glokenwise.

O cartaz, que se espalha por quatro palcos, também tem espaço para os ritmos mais dançáveis com os tons negros do «synth pop», de Cold Cave, a eletrónica mais atmosférica de Citizens! ou de Noiserv, ou mais alegre dos Peace e dos espanhóis Delorean.

Sábado, o último dia do festival, será a altura para conferir expectativas em relação a dois dos mais fortes nomes desta 21.ª edição do Festival: os escoceses Belle and Sebastien e a banda norte-americana Calexico.