Um cantor, dois videoclips, e dose dupla de polémica com a PSP estão a afetar a carreira de David, filho de Tony, que alugou uma viatura da polícia para as gravações da música “O problema é que ela é linda”.

Neste caso mais recente, pode ver-se o músico Deejay Telio sentado no capô do carro, tal como algumas bailarinas presentes nas filmagens. Sucede que o angolano canta “mas a f*** é que ela é linda”, um verso que causou indignação entre a polícia, já que não estaria na letra que foi dada a conhecer à PSP:

Depois de associações sindicais terem reagido, a polícia surge agora, em declarações à TVI24, a considerar a utilização do carro "desrespeitosa", pondo em causa a imagem da corporação.

"Palavra f***"

A produtora RegiBrainstorm, responsável pelo videoclip, foi quem tratou de tudo com a PSP. O processo envolveu o envio de um guião a ser aprovado pela polícia. Aí terá sido descrito que o carro ia apenas ser usado como plano de fundo, que as bailarinas iriam estar à frente da viatura e que o cantor David Carreira iria sair do lugar do condutor e colocar-se-ia à frente do carro para cantar. 

A letra da música também não coincidiu com o que tinha sido previamente estipulado.

Recebemos a letra que em nenhuma parte estava a palavra 'f***', mas sim 'problema'", esclareceu à TVI24, Hugo Palma, porta-voz da PSP. 

Segundo a mesma fonte, houve uma alegada violação de contrato e, por isso, a relação entre a produtora e as autoridades "está a ser repensada".  Hugo Palma afirma que o videoclip mancha a imagem da PSP.

É desrespeitoso. Não nos revemos naquelas imagens e, por isso, queremos ao máximo demarcarmo-nos daquele tipo de comportamento", destacou o porta-voz.

A Polícia de Segurança Pública disponibiliza viaturas para produções artísticas que estão sujeitas a um pagamento. A utilização de um carro patrulha tem um custo fixo de 20 euros, ao qual acresce o combustível e o pagamento ao polícia que é obrigado a estar presente durante o procedimento. E só o agente é que está autorizado a conduzir a viatura.

O aluguer de viaturas e fardas da PSP acontece com regularidade para novelas, séries e videoclips", explicou o porta-voz.

Contactada pela TVI24, a agência de comunicação do cantor David Carreira, Milk&Black, que é parceira da produtora envolvida, garante "que todo o processo foi feito de acordo com a lei."

Veja o videoclip em causa.

Código da estrada

Sucede que este não é o primeiro comportamento do cantor que está a ser colocado em causa pela polícia.

Na quarta-feira, David Carreira publicou um vídeo no Instagram a sair do seu carro pessoal, que estava ainda em movimento. O cantor colocou-se ao lado da viatura a andar e a dançar.

O vídeo foi gravado para celebrar o facto de David Carreira ter ultrapassado o cantor norte-americano Drake no top do YouTube em Portugal. 

Nos comentários à publicação pode ler-se que os utilizadores da rede social consideram o comportamento "imaturo e perigoso". 

Agora, à TVI24, o porta-voz da PSP, Hugo Palma, explicou que já foi iniciado um "procedimento contra-ordenacional", uma vez que o cantor violou regras do código da estrada. Pelo abandono da viatura sem estar imobilizada e pelo comportamento de risco que prejudica não só David Carreira como terceiros.

A polícia sabe ainda que o cantor não é a primeira pessoa a aderir ao desafio ligado à música "In my feelings" de Drake e revelou à TVI24 que também essas pessoas estão a ser investigadas.