Notícia atualizada às 08:37

O guitarrista de flamenco Paco de Lucía morreu esta quarta-feira, aos 66 anos, informaram fontes da autarquia de Algeciras, na região espanhola de Cádiz, a sua cidade natal.

As mesmas fontes explicaram que o guitarrista morreu vítima de um ataque cardíaco quando se encontrava em Cancún, no México, tendo chegado já sem vida a um hospital da cidade.

Um amigo, Victoriano Mera, explicou que De Lúcia estava a brincar com os filhos numa praia de Cancún, cidade onde tinha uma casa, quando se começou a sentir indisposto.

José Ignacio Landaluce, alcaide de Algeciras, declarou já que a morte de Paco de Lucía é «uma perda irreparável para o mundo da cultura e para a Andaluzia». A autarquia deverá decretar o luto oficial.

A família do artista está atualmente a organizar o translado dos restos mortais do guitarrista para a sua terra natal.

Nascido em dezembro de 1947 em Algeciras e considerado um dos maiores guitarristas da história contemporânea, Paco de Lucía foi galardoado com o Prémio Príncipe das Astúrias 2004.