O cantor e compositor Pete Seeger, considerado como uma das principais figuras de folk e também um ativista dos direitos humanos, morreu aos 94 anos, em Nova Iorque, noticia a imprensa norte-americana nesta terça-feira.

A morte, na segunda-feira no Hospital Presbiteriano de Nova Iorque, onde o músico estava internado há uma semana, foi atribuída a «causas naturais», declarou a neta de Seeger, Kitama Cahill Jackson, ao jornal New York Times.

Para Seeger, o folk tinha um sentido de comunidade e era uma forma de ação política.

Pete Seeger cantou para o movimento de defesa dos direitos civis nos Estados Unidos e contra a guerra do Vietname, apoiou a luta pelo ambiente, protestou contra campanhas belicistas e atuou no Memorial Lincoln no concerto inaugural do primeiro mandato de Barack Obama.

Foi ainda mentor de outros que se iniciaram no folk, como Bob Dylan, Don McLean e Bernice Johnson Reagon.

Bruce Springsteen cantou as suas canções em «We Shall Overcome: The Seeger Sessions» (2006) e com Woody Guthrie fez «This Land is Your Land».

Os 90 anos de Seeger foram celebrados no Madison Square Garden, em Nova Iorque, com um concerto em que Springsteen o apresentou como «um arquivo vivo da música americana e da sua consciência, um testemunho do poder da música e da cultura».