Os Muse prometem regressar ao rock no seu próximo álbum de estúdio. Em entrevista ao site Radio.com, Matt Bellamy adiantou alguns pormenores em relação ao sucessor de «The 2nd Law» (2012).

«Nos dois últimos álbuns, afastámo-nos um pouco dos nossos instrumentos. Focámo-nos em coisas como sintetizadores, caixas de ritmos e outros elementos eletrónicos. Sinto que, neste próximo álbum, vamos voltar ao caminho do trabalho de banda e a focarmo-nos nos instrumentos: guitarra, bateria e baixo», contou o vocalista e guitarrista dos Muse.

«Será provavelmente um álbum mais cru, e definitivamente mais rock», acrescentou.

A notícia deverá agradar os fãs dos primeiros álbuns dos Muse - «Showbiz» (1999), «Origin of Symmetry» (2001) e «Absolution» (2003) -, mas a verdade é que o novo disco só deverá ver a luz do dia em 2015.

Falando sobre a forma como poderá ser editado o sétimo álbum da banda, Matt Bellamy explicou: «A indústria [musical] está a mudar tão rapidamente, que ainda não sei. Não acho que estejamos prontos para lançar um novo álbum antes do início de 2015 - nessa altura, veremos o que se está a passar [na indústria] e atuaremos de acordo com isso».

Bellamy deixou ainda a ideia de que, o sucessor de «The 2nd Law» poderá ser um «álbum conceptual».



Os Muse estão atualmente a promover o lançamento de «Live at Rome Olympic Stadium», que recupera a passagem da mais recente digressão pela capital italiana. O filme-concerto foi gravado em 4K, a chamada «ultra-definição», e teve direito a estreia nos cinemas de 40 países em todo o mundo.