O último disco dos U2, «No line to Horizon», poderá vender quase meio milhão de cópias na primeira semana, nos EUA, afirmou o manager da banda à agência Reuters.

Se estas previsões se concretizarem, os números estarão muito longe das 840.000 cópias que a vendeu no arranque do último álbum, «How to Dismantle na Atomic Bomb», em 2004.

Paul McGuinness, manager da banda há quase 31 anos, disse à Reuters que estas previsões são «um sinal dos tempos» da crise que se vivem.

«As pessoas deste país não percebem é que a industria musical está a cair mais do que no resto do mundo. Na Europa está a vender-se melhor do que na América», disse.

Espera-se que o álbum «No Line on the Horizon» atinja o 1º lugar em 40 países.