Os Motörhead anunciaram o cancelamento dos restantes seis concertos da atual digressão, adiantando que o vocalista Lemmy Kilmister vai finalmente seguir as recomendações dos médicos e descansar para que possa recuperar dos problemas de saúde que o têm afetado.

Sem especificar quais os problemas de saúde de Lemmy, o comunicado divulgado no site oficial da banda explica que, durante a primavera, o músico de 67 anos passou por uma «intervenção médica».

«Nessa altura, ele foi aconselhado a descansar. Mas, assim que começou a sentir-se melhor, voltou à sua vida habitual. Desde então, ele foi aconselhado a fazer uma pausa imediata para poder descansar durante mais algum tempo», avança a nota.

O próprio Lemmy agradeceu o apoio dos fãs preocupados com o seu estado de saúde, pedindo também desculpa pelo cancelamento dos concertos, mas assegurou que os Motörhead vão voltar aos concertos assim que estiver recuperado.

«Foi uma decisão difícil de tomar porque não gosto de desiludir os fãs, especialmente numa altura de crise económica em que as pessoas gastam o seu dinheiro para nos ver. Mas às vezes não podes fazer mais nada do que seguir as ordens do médico», explicou o líder dos Motörhead.

O trio britânico de hard rock deverá voltar aos palcos no final do ano, após o lançamento do 21º disco de estúdio. «Aftershock» deverá chegar às lojas em setembro.