O álbum de estreia dos Ultraleve está nomeado para os Grammy Latinos, na categoria de Melhor Álbum Pop Contemporâneo, escreve a agência Lusa.

Na mesma categoria concorrem os álbuns «Músicas Para Churrasco Vol. 1 - Ao Vivo», de Seu Jorge, «Aor», de Ed Motta, «Acústico», dos Natiruts, «Take It Easy My Brother Jorge», de Adryana Ribeiro, e «Genesis Music Ao Vivo: Rock In Rio», dos Skank.

Esta não é a primeira vez que um artista nacional é nomeado para os Grammy Latinos. Em 2007, o álbum «Concerto em Lisboa», de Mariza, valeu-lhe uma nomeação na categoria de Música Folclórica.

A banda Ultraleve é constituída por Bruno Vasconcelos e Nuno Figueiredo, e o álbum homónimo foi publicado em maio passado pela Universal Music.

Os Ultraleve integram o grupo de artistas de língua portuguesa nomeados às 48 categorias do galardão, maioritariamente dominadas pelos artistas latino-americanos e espanhóis.

Entre os lusófonos, além dos brasileiros Seu Jorge, Skank, Ed Motta, Natiruts e Adryana Ribeiro, estão também nomeados a banda Vespas Mandarinas, Zeca Pagodinho, Gilberto Gil, Edu Lobo, Maria Rita, Alexandre Pires, Roberto Carlos e Caetano Veloso, entre outros.

A lista de nomeados inclui o espanhol Pablo Alborán, que este ano atua em Portugal, Marc Anthony, Concha Buika, que gravou com Mariza, Natalie Cole, Juan Luis Guerra, Alejandro Sanz e Miguel Bosé.

Os vencedores serão conhecidos numa gala a realizar no dia 21 de novembro, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

A lista de nomeados pode ser consultada em LatinGrammy.com.