A polícia de Las Vegas, EUA, afastou na terça-feira a hipótese B. B. King ter sido envenenado, considerando as alegações das filhas do músico como "infundadas" e afirmando que não serão investigadas.

Os médicos legistas dizem não ter encontrado, até agora, qualquer prova de crime na morte da lenda do blues, apesar de garantirem que estão a tomar em consideração todas as alegações.

King morreu a 14 de maio, aos 89 anos, em Las Vegas, onde vivia. Nas últimas duas décadas da sua vida, o músico sofreu de diabetes de tipo 2.