O guitarrista dos Metallica, Kirt Hammett, perdeu um iPhone com 250  riffs (ideias musicais) para o novo álbum da banda. O episódio aconteceu há cerca de seis meses, mas só agora foi revelado pelo músico, em entrevista ao «The Jasta Show», de Jamey Jasta.
 

«Perdi o meu iPhone com 250 ideias de músicas e fiquei desolado. Não tinha feito um backup [dos temas]», contou.


O guitarrista recordou a deceção inicial: «Quando isso aconteceu, fiquei chateado durante cerca de dois ou três dias… Ainda hoje continuo à procura dele… Ainda pode aparecer, eu espero que sim».

Não obstante a esperança de que o telemóvel venha a aparecer, o guitarrista já aceitou a perda: «Tive que me convencer. Só me consigo lembrar de, tipo, oito [das melodias]. Apeguei-me à ideia de que simplesmente não era para ser, vou seguir em frente».

«A todos os músicos por aí que usem o telefone, certifiquem-se que têm uma cópia de segurança, sim?», alertou.




No início de abril, Kirk Hammett revelou que o próximo álbum dos Metallica estava «25, talvez 30%» concluído.

«As canções estão em constante mudança, neste ponto. Nada está firmado. Ainda temos muito material para peneirar. Temos bem mais de uma dúzia de canções e ainda temos bem mais de duas ou três centenas de riffs, por isso é difícil dizer em que ponto do projeto estamos, na verdade», explicou, em entrevista à revista norte-americana «Billboard».

«Não acho que já tenhamos chegado a meio. Eu diria que estamos a 25, talvez 30% [de concluir o álbum]. É difícil dizer, mas estamos, definitivamente, a trabalhar nele. Há canções e estamos a fazer planos para compor mais músicas e gravá-las», acrescentou.


Kirk Hammett revelou que o novo trabalho está a ficar «bem pesado» e «bastante parecido com "Death Magnetic"», de 2008.

«Uma ou duas músicas lembram algo de "And Justice for All", embora o álbum não soe muito como "And Justice for All"», referiu o guitarrista.