A soprano Montserrat Caballé foi acusada por u tribunal de Barcelona por fraude fiscal. A denúncia partiu do Fisco, que estima em meio milhão de euros o valor que a cantora deixou de pagar.

Segundo a agência Efe, que cita fontes judiciais, a soprano catalã foi chamada a depor a 9 de maio. O caso envolve concertos internacionais e gravações que Montserrat Caballé realizou em vários países no ano de 2010, cujos pagamentos recebeu através de uma conta sedeada em Andorra, a qual não declarou ao Tesouro espanhol.