A gravação da ópera "Il ritorno d'Ulisse in Patria", de Monteverdi, pela orquestra Boston Baroque, com a participação dos cantores portugueses Fernando Guimarães e João Fernandes, está nomeada para um prémio de música Grammy.

As nomeações para a 58.ª edição dos prémios Grammy foram hoje anunciadas em Los Angeles, Califórnia, e, entre a longa lista de nomeados, consta - na categoria de "Melhor Gravação de Ópera" - "Il ritorno d'Ulisse in Patria", de Claudio Monteverdi, pelo Boston Baroque, sob a direção do maestro Martin Pearlman.

Gravada nos Estados Unidos em 2014 e editada pela Linn Records, a gravação conta com o tenor português Fernando Guimarães, a interpretar o protagonista, Ulisses, ao lado da meio-soprano Jennifer Rivera, no papel de Pelélope. O elenco que interpreta a ópera conta ainda com o cantor João Fernandes (baixo).

O tenor português protagonizou igualmente a encenação dirigida por Martin Pearlman em Boston, em abril de 2014, naquela que foi a sua estreia nos palcos norte-americanos.

Fernando Guimarães formou-se em canto no Porto, tendo sido distinguido em 2007 com o Prémio Jovens Músicos da RDP. Quando venceu um concurso internacional de canto em Verona, Itália, conquistou o lugar de principal intérprete na ópera "L'Orfeo", de Monteverdi.

L’Arpeggiata, Orquesta Barroca de Sevilla, Os Músicos do Tejo, Divino Sospiro e Ludovice Ensemble são algumas das formações com as quais o tenor já colaborou.

João Fernandes estudou em ópera em Londres, onde recebeu o European Premier Prix. É "presença regular nos palcos de ópera de Londres, Nova Iorque, Bruxelas, Lyon, Zurique, Antuérpia, Oviedo, Lisboa, Madrid e Bilbao", lê-se na biografia na página da Fundação Gulbenkian.

A cerimónia de anúncio dos Grammy decorrerá a 15 de fevereiro, no Staples Center, em Los Angeles, Califórnia.