A fadista Carminho, por duas vezes distinguida com o Prémio Amália - Revelação e Melhor Intérprete -, apresenta temas do próximo álbum nos concertos previstos para quinta e sexta-feira, no grande auditório do Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa.

A fadista, acompanhada por Luis Guerreiro, na guitarra portuguesa, Diogo Clemente, na viola, e Marino de Freitas, na viola baixo, irá passar em revista alguns fados do seu repertório e interpretar temas do próximo álbum, «Canto», com edição prevista no dia 03 de novembro, disse à Lusa fonte da discográfica.

O novo álbum inclui um dueto com a cantora brasileira Marisa Monte e participações especiais dos músicos António Serrano, Carlinhos Brown, Dadi Carvalho, Jorge Hélder, João Frade, Lula Galvão, Naná Vasconcelos e ainda Jaques Morelenbaum e Javier Limón, que já colaboraram com Mariza.

O álbum terá três edições, uma digital e outra em CD, ambas com 14 temas, e outra ainda, limitada, que inclui três temas-extra, um deles de Carlos Paião, estando a edição internacional prevista para o primeiro trimestre do próximo ano, segundo a mesma fonte.

Do novo álbum fazem parte, entre outros, temas de autoria de Miguel Araújo («Ventura»), Pedro Homem de Mello («Espera»), e a própria fadista assina a letra e música de dois temas, «Andorinha» e «Contra a Maré».

«Canto» é o terceiro álbum de estúdio da fadista, que se estreou com o álbum «Fado» (2009), a que se seguiu «Alma» (2012), distinguido com o Globo de Ouro Caras/SIC e o Prémio Carlos Paredes.

No palco do CCB, Carminho conta ainda com a participação dos músicos Ruben Alves (piano) e André Silva (percussões).

A mesma fonte adiantou que, depois das atuações em Lisboa, no âmbito do ciclo «Há Fado no Cais», Carminho inicia uma digressão nacional de apresentação do novo álbum, que passa pelo Teatro Pax Julia, em Beja, no sábado, pela Casa das Artes, em Arcos de Valdevez, no dia 01 de novembro, pelo Coliseu do Porto, no dia 08 de novembro, pelo Theatro Circo, em Braga, no dia 28 de novembro, pela Casa das Artes, em Famalicão, no 12 de dezembro, e pelo Teatro Municipal de Faro, no dia 13 de dezembro.

Carminho, filha da fadista Teresa Siqueira, começou a cantar aos nove anos, nomeadamente na casa de fados que a sua mãe geria, a Taverna do Embuçado, em Lisboa, e, depois dos estudos universitários, começou a cantar regularmente no restaurante Mesa de Frades, do músico Pedro Castro, também na capital.

A fadista, com a canção «Perdoname», em duo com Pablo Alborán, foi a primeira artista portuguesa a liderar o top espanhol. Recentemente realizou uma digressão pela Europa.