Pela primeira vez em Portugal, os Rival Sons atuam esta sexta-feira no Palco Mundo do Rock in Rio. Antes de atuar em Lisboa, a banda californiana falou com a TVI24 e contou que está “muito entusiasmada” por atuar para o público português. 

Numa conversa descontraída – em que até arriscaram algumas palavras em português - Jay Buchanan, Scott Holiday, Mike Miley e Dave Beste confessaram que “sabe muito bem estar em Portugal”, que já viram vídeos do “louco” público português e que por isso estão muito “entusiasmados” com o concerto em terras lusas.

Estamos entusiasmados para hoje à noite. A plateia do Rock in Rio é lendária”, afirmou Jay Buchanan, sendo completado de imediato por Mike Miley: “Muito melhor que o público americano (risos)”.

Frequentemente comparados aos Led Zeppelin e The Animals, os Rival Sons dizem que palavras como essas são “um grande elogio”, uma vez que consideram que estas são “umas das maiores bandas de sempre”.

Acho que somos parecidos com essas bandas, mas apenas relativamente à melhor parte dessas bandas. Há partes menos boas, e não somos parecidos com essas (risos), só com as partes boas dessas bandas”, afirma Scott Holiday.

O concerto de Rival Sons antecipa os concertos de Hollywood Vampires e Korn, banda que Scott Holiday acompanhou desde início porque cresceu na mesma cidade do que os elementos da banda.

É um alinhamento interessante, bandas muito diferentes. Cresci na mesma cidade que o pessoal dos Korn, tenho amigos naquele grupo, era fã quando eles surgiram, vai ser bom vê-los. Quanto aos Hollywood Vampires, é um [grupo] que toca grandes êxitos, ainda não os vi, mas parece-me que vai ser muito divertido e excitante. Acho que vamos disfrutar de um bom concerto”, afirmou o guitarrista.

A banda, formada em 2009, apresenta-se em Lisboa dois anos depois da única alteração no que diz respeito à formação inicial do grupo. Dave Beste substituiu Robin Everhart no baixo em 2013 e, segundo o próprio, melhorou “consideravelmente” a banda.

Os Rival Sons sobem esta noite ao palco para apresentar o álbum Great Western Valkyrie já com o novo trabalho – Hollow Bones – na calha.

[O novo álbum] sai a 10 de junho, pela Earache Records, chama-se Hollow Bones. Acho que este álbum vai ter um pouco mais de Funk, com grandes ‘riffs’, e como sempre uma ótima voz – a do Jay”, afirma Mike Miley.

Em palco, esta noite, apenas se ouvirá uma nova música desse álbum. "Mas não vamos revelar qual. Têm de esperar”, acrescenta o baterista, o mesmo que arrisca algumas palavras em português, como “vemo-nos logo”, e que pede desculpa por só agora terem vindo atuar em solo luso.

“É o nosso quinto verão em digressão pela Europa, acabei de contar – sim sei contar até cinco -, para tocar em festivais. Está a tornar-se algo habitual vir aqui. É a nossa primeira vez em Portugal, desculpem termos demorado cinco anos, mas estamos aqui, melhor tarde que nunca”.

O terceiro dia de Rock in Rio Lisboa inicia-se às 19:00 com a atuação de Rock in Rio - Musical, seguindo-se os concertos de Ritual Sons, Korn e Hollywood Vampires.

Reveja a entrevista: