Charlie Wilson abre, no dia 12 de julho, o festival Cooljazz, em Oeiras, garantindo a primeira parte da estreia de Jill Scott em Portugal.

Charlie Wilson, que sobe ao palco dos Jardins do Marquês de Pombal, em Oeiras, pelas 21:00, antecede aquela que será a primeira atuação da norte-americana Jill Scott, que “apresentará o seu mais recente álbum de originais, ‘Woman’, e também uma compilação que reúne alguns dos seus maiores êxitos ‘Golden Moments’”, disse à Lusa fonte da organização.

“Com o anúncio da atuação de Charlie Wilson, o cartaz da 13.ª edição do edpcooljazz fica assim completo”, disse a mesma fonte que se referiu ao músico como “um grande senhor da música Soul e R&B”.

Nove vezes nomeado para os Grammy

O cantor e compositor norte-americano Charlie Wilson “personifica a Soul e o Funk contemporâneo e traz ao Edpcooljazz os temas do seu último álbum, ‘Forever Charlie’, de 2015, num espetáculo arrebatador que já é característica dos seus concertos, pela sua grande ‘performance’”.

Nomeado nove vezes para os prémios Grammy, o cantor “é detentor de vários êxitos que dominaram as tabelas de êxitos das décadas de 1970 e 1980, entre eles ‘You dropped a bomb on me’, ‘Burn rubber on me’ e ‘Outstanding’”.

Charlie Wilson e Jill Scott abrem a edição deste ano do Cooljazz, no dia 12 de julho, um festival que inclui, no seu cartaz, os The Cinematic Orchestra e Salvador Sobral, no dia 17 de julho, o britânico Seal e os HMB, no dia 20, Stacey Kent e Marta Ren, no dia seguinte, a Koop Oscar Orchestra e Nouvelle Vague, no dia 23, a cantora cubana Omara Portuondo e Diego el Cigala, no dia 26, cabendo a primeira parte a Luís Represas e ao angolano Paulo Flores, e ainda a brasileira Marisa Monte, com a fadista Carminho, no dia 27 de julho.

Ao longo de 13 anos, o certame já produziu mais de 130 concertos, aos quais assistiram "mais de 275.000 espetadores, num ambiente intimista, perto dos palcos e sem o aglomerado das grandes multidões".

O Festival define-se como um conjunto de "espetáculos individuais, numa junção única entre música cool, história, património e natureza", segundo a mesma fonte.

A edição do Edpcooljazz 2015 teve mais de 46.000 espectadores, em sete dias de concertos, com quatro concertos esgotados.