Os The Gift iniciam esta quinta-feira, em Macau, a digressão celebrativa dos 20 anos, que também passará por 16 palcos nacionais, até setembro, de acordo com a banda.

Formada por Nuno Gonçalves, Miguel Ribeiro, Ricardo Braga e Sónia Tavares, a banda de Alcobaça prepara ainda um novo álbum, que será produzido pelo músico britânico Brian Eno, ex-Roxy Music, e que os músicos consideram “o álbum das suas vidas”, de acordo com o comunicado que divulgaram.

A digressão intitula-se "20" e tem "um novo ‘design’ de palco, novidades cénicas e a energia de sempre, num espetáculo que promete ser inovador e elegante, como a banda sempre tem feito ao longo dos últimos anos”, lê-se no mesmo comunicado.

Depois de Macau, os The Gift atuam, ainda este mês, no dia 10, nas Festas de Abrantes, no Ribatejo, e, no dia seguinte, na Feira do Campo, em Aljustrel, no Baixo Alentejo, seguindo-se as Festas de Pinhal Novo, no concelho de Palmela, antes de irem para Angra do Heroísmo, na ilha açoriana da Terceira, onde tocam, no dia 24, no âmbito das Festas Sanjoaninas, e de encerrarem o mês, no dia 25, nas Festas de São João, na Lousã, nos arredores de Coimbra.

Os The Gift iniciam o mês de julho, no dia 02, com um regresso aos Açores, desta feita à ilha de S. Miguel, onde atuam no Festival Lagoa ComVida, na Lagoa, a 13 quilómetros de Ponta Delgada, e, no dia 28, tocam na Expofacic, em Cantanhede, na Beira Litoral, regressando aos Açores para participarem, no dia 30, no Festival Cais de Agosto, em S. Roque, na ilha do Pico.

A Feira de S. Mateus, em Viseu, é o primeiro palco de agosto, no dia 07, seguindo para norte, onde atuam no dia 09, no Festival da Juventude de Montalegre, em Trás-os-Montes.

No dia 12, sobem ao palco do Festival Sol da Caparica, em Almada, e, no dia 14, fazem-se ouvir nas Festas da Batalha, no distrito de Leiria, rumando ao Algarve, para atuarem na Fatacil, em Lagoa, no dia 21 e, finalmente, no dia 24, na Feira de Agosto de Grândola, no Baixo Alentejo.

Em setembro, no dia 15, atuam no Fórum da Juventude, em Alcanena, e, no dia 24, no Centro Cultural de Viana do Castelo, no Alto Minho.

A banda iniciou-se em 1994, inicialmente como projeto paralelo dos Dead Souls, banda então de Nuno Gonçalves e Miguel Ribeiro, aos quais se juntou mais tarde Ricardo Braga e Sónia Tavares.

O grupo tem editados oito álbuns, incluindo o duplo “20”, saído no ano passado, quando foi também lançada a “caixa premium”, que inclui uma biografia da banda, da autoria do jornalista Nuno Galopim, quatro CD, um deles com o espetáculo realizado no Coliseu do Porto, em 2012, e um outro com “raridades e versões”, que a banda recuperou, e ainda quatro DVD, que registam diferentes atuações.

Em 2011, os The Gift publicaram “Explode”, um álbum que foi disponibilizado no “site” da banda, ao preço que o consumidor desejasse pagar, em termos físicos.

O CD chegou às lojas em meados de março de 2011, ano em que voltaram a ser nomeados para os prémios MTV Europe Music Awards, na categoria "Best Portuguese Act".

No início do ano 2012, o ‘site’ Art Vinyl elegeu o disco “Explode”, como uma das melhores capas do ano 2011, tendo o álbum ficado em 27.º lugar, numa lista das 50 melhores capas.

Desde 2012, quando editaram o CD “Primavera”, os The Gift realizaram mais de 120 concertos, segundo números avançados pelos músicos, preparam agora o novo álbum e estão de volta à estrada.