O músico britânico Elton John anunciou esta quarta-feira uma derradeira digressão internacional, nos próximos três anos, antes de se retirar em definitivo dos palcos, para se dedicar à família.

Elton John, de 70 anos, com mais de 50 de carreira e 300 milhões de discos vendidos, revelou, numa conferência de imprensa em Nova Iorque, que fará cerca de 300 concertos em três anos e depois parará de atuar ao vivo, rejeitando os rumores de que estaria doente.

A digressão começará a 8 de setembro em Allentown, no estado norte-americano da Pensilvânia, e chegará à Europa a 2 de maio de 2019, a Viena, na Áustria. Não há qualquer indicação, para já, de concerto em Portugal.

Sempre pensei que iria ser como Ray Charles, BB King - na estrada para sempre -, mas as minhas prioridades mudaram. Tivemos filhos [de oito e dez anos] e eu mudei as nossas vidas. Não significa que deixarei de ser criativo. Mas não continuarei a viajar", disse Elton John, citado pela BBC e baseando-se na sua vida com o marido David Furnish.

Portugal desde 1971

Nascido em Inglaterra, Reginald Kenneth Dwight, de seu nome, começou a tocar piano aos 15 anos na sua cidade, Pinner, nos arredores de Londres.

Elton John iniciou a sua carreira a solo em 1969, altura em que lançou o disco "Empty Sky", e, nestes quase 50 anos de carreira, soma mais de 4.000 concertos, em perto de 80 países.

É autor de canções de sucesso como "Candle in the Wind", o 'single' mais vendido de sempre, nas contas do Guiness, "Your Song", "Can You Feel the Love Tonight" e "Rocketman".

"Goodbye Yellow Brick Road" (1973), "Ice on Fire" (1985), "Sleeping with the Past" (1989), "The Big Picture" (1997), "Songs from the West Coast" (2001) e "The Captain & the Kid" (2006) são alguns dos discos mais premiados do músico britânico.

O primeiro concerto de Elton John em Portugal remonta à primeira edição do Festival de Vilar de Mouros, em 1971.

Depois disso, Elton John voltou várias vezes a Portugal, as mais recentes em 2016, com um concerto no festival Marés Vivas, em Vila Nova de Gaia, e no final desse ano no Meo Arena, em Lisboa.

De acordo com a Associated Press, Elton John irá atuar no domingo na cerimónia dos prémios de música Grammy, onde receberá uma medalha de mérito da presidência dos Estados Unidos.

Aqui fica a conferência de imprensa de Elton John, onde o próprio anuncia a sua digressão final.