Noel Gallagher, ex-guitarrista, vocalista e principal compositor dos Oasis, rejeitou qualquer ilusão de reunião do grupo britânico para o vigésimo aniversário do primeiro álbum da banda, «Definitely Maybe», no próximo ano.

Em entrevista à «Rolling Stone», Gallagher confirmou que haverá certamente uma reedição do álbum icónico dos Oasis, mas se os fãs pensam numa reunião do grupo em palco, Noel diz que a resposta é um certo não.

«A banda separou-se, não há mais banda. Por isso, não, eu não me vou envolver [numa reunião], de forma alguma. Se houver uma reunião, eu não farei parte dela.»

O músico britânico que agora lidera o grupo «Noel Gallagher's High Flying Birds», afirmou que está orgulhoso do percurso da banda e que não existem assuntos por resolver que justifiquem uma reunião.

«Eu não acho que existam assuntos por resolver. Nada ficou por dizer. Se alguma vez viste [os Oasis ao vivo] bom para ti. Se não, temos pena. Eu nunca vi os Beatles.»