A primeira gravação de David Bowie, que, durante muitos anos, se pensou estar perdida, foi descoberta “numa cesta de pão”.

A gravação foi descoberta por David Hadfield, antigo baterista da primeira banda de Bowie, na sua casa, juntamente com outro material como livros, fotografias, desenhos promocionais, cartas e contas, numa cesta de pão que pertencia ao seu avô, noticiou o jornal britânico The Guardian.

Hadfield contou que a gravação dos The Konrads foi feita em 1963, quando o grupo ia registar “um par de instrumentais de guitarra e uma canção original”, que seria o tema “I Never Dreamed”.

“Decidi que o David era a melhor pessoa para a cantar e lhe dar a interpretação correta. Assim, tornou-se na primeira gravação de David Jones [Bowie] a cantar há 55 anos. (…) A [editora] Decca rejeitou-nos, mas quando mais tarde nos deram uma oportunidade nesse mesmo ano, o vocalista Roger Ferris era a voz principal e o David cantava os coros de apoio”, disse David Hadfield.

Nascido em 1947, David Robert Jones, que veio a adotar o nome artístico de David Bowie, abandonou os The Konrads no mesmo ano, tendo lançado o primeiro disco a solo em 1967.

Bowie morreu em 2016, dois dias após o lançamento do seu 25.º álbum, “Blackstar”.

As recordações de Hadfield vão ser vendidas pela Omega Auctions, em Newton-Le-Willows, no Reino Unido, em setembro.