Marta Ren e Nouvelle Vague são os dois novos nomes do cartaz do festival cooljazz, que se realiza em Oeiras, nos arredores de Lisboa, de 12 a 27 de julho, anunciou a organização nesta segunda-feira.

Marta Ren garante a primeira parte de Stacey Kent, no dia 21 de julho, e os Nouvelle Vague, num concerto único em Portugal, no dia 23 julho, a mesma data para a qual estavam já confirmados os Koop Oscar Orchestra.

Estes concertos estão previstos para os Jardins Marquês de Pombal, no centro da vila de Oeiras.

Marta Ren “começa a ser reconhecida internacionalmente” e, neste concerto, “traz os temas do seu primeiro trabalho em nome individual, ‘Stop, Look, Listen’, que inclui 13 canções carregadas de emoção e de sentimentos, resultado de experiências vividas com entusiasmos e desilusões, com o amor e desamor”, segundo a organização.

Marta Ren interpretará “do ‘groove funk’ de ‘Release me’ ao peso insustentável da balada ‘beat’ ‘So long’”, antecipando a atuação de Stacey Kent, “cantora apaixonada por Portugal, que é considerada uma das melhores vozes de jazz da atualidade”.

Neste concerto, segundo a mesma fonte, a cantora norte-americana vai apresentar o álbum mais recente “Tenderly”.

No dia 23 de julho, em que se estreia no edpcooljazz a banda sueca Koop Oscar Orchestra, sobem também ao palco os franceses Nouvelle Vague, que vão apresentar “uma coletânea de ‘covers’ de músicas ‘punk rock’, ‘pós-punk’ e ‘new wave’, dos anos 1980 ao estilo bossa nova, dos anos 1960”.

A banda francesa Nouvelle Vague foi fundada por Marc Collin e por Olivier Libaux, que se inspiraram no movimento artístico do cinema francês “Nouvelle Vague”, da década de 1960.

“Estes ‘covers’ incluem canções de Joy Division, Dead Kennedys, The Clash e Depeche Mode, do seu primeiro álbum ‘Nouvelle Vague’, e ainda temas do segundo álbum ‘Bande à Part’ com as versões de ‘Ever fallen in love', de Buzzcocks, ‘Blue monday’, de New Order, 'The killing moon', por Echo & the Bunnymen e ‘Heart of glass’, de Blondie”.

A Koop Oscar Orchestra é um projeto renovado do sueco Oscar Simonsson, o fundador dos Koop, “fortemente marcado pela formação musical clássica e posterior especialização em jazz”.

Nesta 13.ª edição do edpcooljazz atuam Jill Scott, no dia 12 de julho, The Cinematic Orchestra e Salvador Sobral, no dia 17 de julho, o britânico Seal e os HMB, no dia 20, Stacey Kent e Marta Ren, no dia seguinte, a Koop Oscar Orchestra e Nouvelle Vague, no dia 23, a cantora cubana Omara Portuondo e Diego el Cigala, no dia 26, cabendo a primeira parte a Luís Represas e ao angolano Paulo Flores, e ainda a brasileira Marisa Monte, com a fadista Carminho, no dia 27 de julho.