O grupo norte-americano Eagles of Death Metal cancelou a digressão europeia, que incluía um concerto em Lisboa no dia 5 de março, por causa de uma lesão na mão do músico Jesse Hughes, revelou esta sexta-feira a promotora.

A banda tinha retomado a digressão, interrompida em novembro em Paris, quando estava a atuar no Bataclan, um dos espaços atingidos pelos ataques terroristas e onde morreram 90 pessoas.

Três meses depois dos atentados, a banda de Jesse Hughes retomou a digressão, com passagem no dia 16 pelo Opympia de Paris.

Por recomendação médica, o músico não pode tocar, obrigando ao cancelamento dos restantes oito concertos que estavam marcados na Europa, incluindo uma atuação a 5 de março no coliseu de Lisboa.

Sobre a devolução do dinheiro da compra dos bilhetes, a promotora Everything is New remete mais informações para segunda-feira no site oficial.

Já quanto aos concertos que a banda tem marcado para a Europa durante o verão, a ideia é que se mantenham. De 9 a 25 de agosto, os Eagles of Death Metal atuarão na Holanda, Alemanha, Noruega, Dinamarca, Polónia e França.