O público português entusiasmou-se este sábado com a voz de Axl Rose a cantar em palco, com a banda de rock AC/DC em estreia mundial, com o ex-vocalista dos Guns N' Roses a substituir Brian Johnson.

"Prazer em conhecer-vos", gritou o californiano de 54 anos, no arranque do espetáculo, dirigindo-se aos milhares de pessoas que se deslocaram esta noite ao Passeio Marítimo de Algés, um espaço junto ao rio Tejo, junto a Lisboa, a capital portuguesa.

Axl Rose apresentou-se no palco sentado numa cadeira, por ter um pé partido, interpretando o repertório do grupo australiano com uma voz ligeiramente menos saturada do que a característica de Johnson, o histórico vocalista dos AC/DC, obrigado a deixar de atuar ao vivo, devido a problemas auditivos.

A entrada em cena do grupo de rock foi precedida de fogo-de-artifício, arrancando os aplausos dos fãs que, apesar do mau tempo (chuva e vento fortes), quase lotaram o espaço a céu aberto que pode acomodar até 50 mil pessoas.

Axl Rose vai continuar a apresentar-se com o grupo australiano durante os próximos 11 concertos da banda, programados para Europa.

O músico californiano tem reconhecido, em comunicações recentes da banda, que "é um verdadeiro desafio" substituir Brian Johnson nesta digressão europeia.

"Eu tento fazer-lhe justiça, para os fãs", afirmou na sexta-feira à rádio britânica BBC 6 Music.

A substituição foi anunciada em meados de abril, apanhando os fãs dos AC/DC de surpresa, depois de os médicos terem avisado Brian Johnson de que poderia ficar surdo, caso continuasse a atuar ao vivo com a sua banda.

Este sábado, pelas 19:45, quando começaram a tocar os norte-americanos Tyler Bryant and the Shakedown, que fizeram a primeira parte do concerto, eram já muitos os fãs que se preparavam para o espetáculo.

 

Chuva deu tréguas

 

Passavam 15 minutos da hora prevista para o início do espetáculo (19:30) e as pessoas continuavam a chegar, compondo uma assistência predominantemente jovem, muitas ostentando os cornos vermelhos, uma das imagens de marca da banda australiana.

No início do concerto, o estado do tempo ajudou e, pela primeira vez durante o dia de sábado, a chuva deu tréguas.

Os norte-americanos Tyler Bryant and the Shakedown também vão acompanhar os AC/DC na digressão europeia, que se prolongará até 12 de junho.

 

AC/DC três vezes em Portugal

 

O grupo australiano AC/DC começou hoje a nova digressão europeia, no Passeio Marítimo de Algés, com Axl Rose no lugar do vocalista Brian Johnson, numa noite para a qual a previsão do tempo anunciou chuva e ventos fortes.

Este é o terceiro concerto dos AC/DC em Portugal, mas será uma estreia mundial, pela participação de Axl Rose, dos Guns'N'Roses, convidado para substituir Brian Johnson, obrigado a deixar de atuar ao vivo, por problemas auditivos.

Na sexta-feira, a banda divulgou imagens dos ensaios em Lisboa, com declarações dos músicos sobre estes novos concertos, da "Rock or Bust World Tour", com a presença de Axl Rose.

 

 

Ainda a recuperar de um pé partido, o vocalista dos Guns n'Roses afirmou que agora que foram feitos vários ensaios já está "muito entusiasmado", mas admitiu que, no início, estava "aterrado" com a ideia de atuar com os AC/DC.

Esta digressão dos AC/DC está suportada no álbum "Rock or Bust", editado em 2014, mas, de acordo com alinhamentos recentes, é possível que hoje se escutem temas antigos como "Shoot to Thrill", "High Voltage", "Dirty deeds done dirt cheap", "Highway to hell" e "Thunderstruck".

Depois de Portugal, o grupo de 'hard rock' fará mais 11 concertos, em diferentes cidades europeias.

Os concertos anteriores dos AC/DC, em Portugal, aconteceram em 1996, no Estádio do Restelo, e em 2009, no estádio Alvalade XXI, ambos em Lisboa.