O músico norte-americano Axl Rose, dos Guns n'Roses, afirmou esta sexta-feira que não quer desrespeitar o lugar que ocupará nos concertos dos AC/DC, substituindo o vocalista Brian Johnson, numa estreia que acontece no sábado em Portugal.

Em entrevista à estação de rádio BBC 6 Music, divulgada esta sexta-feira, Axl Rose afirma que é um grande admirador de Brian Johnson e que não tem qualquer intenção de desrespeitá-lo, quando subir ao palco na nova digressão europeia dos AC/DC.

Nos últimos dias, o grupo 'hard rock' australiano tem estado em Lisboa a ensaiar o concerto que, no sábado, no Passeio Marítimo de Algés, dará início a uma nova digressão europeia, com Axl Rose no lugar de Brian Johnson, obrigado a deixar de atuar ao vivo por problemas auditivos e por estar em risco de surdez.

Por um lado estou muito contente, mas acho que não seria apropriado estar de alguma maneira a celebrar [o facto de ir tocar com os AC/DC] à custa de alguém. Não é para isso que eu estou aqui. Isto é uma situação infeliz", disse Axl Rose, sublinhando a admiração pelo grupo, em particular pelo guitarrista Angus Young.

Na entrevista, Angus Young, 61 anos, afirmou que a banda ficou em choque com o facto de Brian Johnson ter que parar de dar concertos, mas que acabou por tomar a decisão de manter os concertos, com um outro vocalista.

Axl Rose, que se apresentará em palco ainda com o pé esquerdo a recuperar de uma fratura, disse ainda que ele e a banda estão confiantes nesta estreia conjunta em palco, embora não saibam bem como vai ser a reação do público.

A entrada do vocalista dos Guns n'Roses não agradou a todos os fãs que já tinham comprado bilhete, o que levou a organização em Portugal - e também noutros países europeus - a devolver os ingressos a quem se sentiu defraudado.

Este será o terceiro concerto dos AC/DC em Portugal e acontecerá no recinto que acolhe habitualmente o festival Nos Alive, com capacidade para cerca de 50.000 pessoas.

Os concertos anteriores dos AC/DC em Portugal aconteceram a 6 de julho de 1996, no Estádio do Restelo, e a 3 de junho de 2009, no estádio Alvalade XXI, ambos em Lisboa.

Os AC/DC, fundados em Sidney, em 1973, pelos irmãos Malcom e Angus Young, são ainda hoje uma das bandas 'hard rock' de maior sucesso internacional. No entanto, da formação original já só subsiste o guitarrista Angus Young.

A digressão dos AC/DC na Europa termina a 12 de junho. Está ainda por marcar a série de concertos nos Estados Unidos que tinham sido cancelados por causa dos problemas de saúde de Brian Jonhson.