O vocalista dos Coldplay, Chris Martin, revelou que o novo álbum da banda, intitulado “A Head Full Of Dreams”, conta com uma breve participação do Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a entoar o clássico do gospel "Amazing Grace".

De acordo com revista “Rolling Stone”, a gravação foi feita pela própria Casa Branca, durante o funeral do senador democrata Clementa C. Pinckney, vítima de um atentado terrorista numa igreja metodista em Charleston, na Carolina do Sul. Em junho, um homem identificado como Dylann Roof invadiu a celebração religiosa e matou seis mulheres e três homens, todos negros.

Em entrevista ao jornal britânico “The Sun”, Chris Martin disse que o facto de Obama ter cantado essa música após os assassinatos é de tal "importância histórica" que optaram por acrescentar um fragmento desse momento no novo trabalho.

A música vai aparecer como um interlúdio entre as canções da banda. Chris Martin explica que o disco "tem um pequeno clip do Presidente a cantar na igreja”.

 “Temos um pequeno trecho do Presidente a cantar ‘Amazing Grace’ numa igreja. E decidimos usá-lo por causa do valor histórico das coisas feitas por ele e também pelo teor da canção "i once was lost but now i"m found" [estive perdido mas agora encontrei-me].”, afirmou.


O álbum “A Head Full of Dreams” será lançado a 4 de dezembro e conta com as participações do ex-guitarrista do Oasis, Noel Gallagher, da estrela pop norte-americana Beyoncé e da cantora sueca Tove Lo. O álbum trará 11 canções, entre as quais está “Amazing Day”, que foi tocada pela banda recentemente no Global Citizen Festival.
 
Recentemente, em entrevista ao apresentador Zane Lowe, o vocalista Chris Martin deu a entender que "A Head Full of Dreams" pode ser o último álbum do grupo.