O artista de R&B, Chris Brown, foi expulso do centro de reabilitação onde se encontrava depois de partir o vidro do carro da sua mãe com uma pedra.

O incidente aconteceu a 10 de Novembro após uma sessão de terapia familiar onde a sua mãe discordou do plano do cantor de encurtar a sua estadia na instituição devido ao acesso limitado ao telefone.

«O sr. Brown foi à rua apanhou uma pedra e atirou-a contra um vidro do carro da sua mãe partindo-o», lê-se numa carta da instituição a que o «Daily News» teve acesso esta quarta-feira.

«Retirámo-lo do tratamento residencial e dissemos-lhe que podia sair imediatamente já que tinha assinado um acordo que não tolera violência», lia-se na mesma carta.

Brown esteve esta quarta-feira diante de um juiz em Los Angeles para rever as suas acusações de agressão à sua ex-namorada, Rihanna, e o juiz ordenou-lhe que procurasse nova ajuda médica.

O juiz James Brandlin ordenou outros 90 dias de reabilitação residencial, uma submissão a regulares testes de drogas e o cumprimento do, já ordenado, trabalho comunitário a um ritmo de 24 horas por semana.