Richie Campbell vai ser o cabeça de cartaz da Semana Académica da Universidade da Beira Interior (UBI), na Covilhã, que este ano se realiza entre os dias 7 e 11 de abril, anunciou a organização.

A Associação Académica da UBI (AAUBI) anunciou na noite de quinta-feira que o programa «engloba vários estilos musicais para conseguir cativar o maior número possível de pessoas».

«Esta é uma festa que não se destina só aos estudantes, mas a toda a comunidade. Por isso, fizemos uma aposta que pretende ser abrangente e que, além disso, deve contribuir para afirmar a Semana Académica como uma festa de referência», afirmou, em declarações à agência Lusa, a presidente da AAUBI, Francisca Castelo Branco.

De acordo com aquela dirigente estudantil, a AAUBI quer combater a ideia de que a Semana Académica é menos forte do que a Receção ao Caloiro.

«Apostámos num cartaz mais aliciante, que também deve engrandecer a festa de despedida dos nossos finalistas.»


Sem especificar qual o valor global do orçamento, que ainda não estará totalmente encerrado, Francisca Castelo Branco sublinhou que a organização pretende reduzir a verba relativamente ao último ano.

O evento arrancará, então, no dia 7 de abril, com a tradicional Serenata junto à Capela do Calvário.

Na noite seguinte atuam as tunas As Moçoilas e Já B'UBI & Tokuskopus, seguindo-se o organista e acordeonista Virgílio Faleiro e do grupo P*uta da Loucura.

Na quinta-feira, dia 9 de abril, sobem ao palco as tunas C'a Tuna aos Saltos e tuna-Mus, o rapper Valete e os Ninja Kore.

A EncantaTuna, a Desertuna, os Blasted & Mechanism e Branko (Buraka Som Sistema) atuam na sexta-feira, dia 10 de abril.

Para a última noite, sábado, estão previstas as atuações de triz, Os compotas, Richie Campbell e Marcelinho da Lua.

Os espetáculos realizam-se todos no pavilhão de exposições da Associação de Lanifícios (ANIL) e no final de cada noite há animação com dj.

O bilhete geral custa 25 euros para os sócios, 30 euros para estudantes e 35 para não estudantes.