Carlão lança novo disco a solo depois do Verão

Elementos do supergrupo Os Dias de Raiva revelaram ao IOL Música os projectos para os próximos meses

Por:
   |   4 de Julho de 2011 às 17:12
Com o fim dos Da Weasel, Os Dias de Raiva tornaram-se na principal banda de Carlão, vocalista que durante anos ficou conhecido como Pacman. Em entrevista ao IOL Música, o músico de Almada afirmou que o capítulo Da Weasel está fechado e revelou alguns detalhes sobre o seu projecto a solo, «O Algodão».

«Na altura, a editora (EMI) achou que era melhor fazermos um comunicado e a coisa acabou até por não ser muito falada entre a banda. Mas é isso, os Da Weasel acabaram e agora tão cedo não me parece que vá acontecer alguma coisa», esclareceu.

Depois do lançamento digital do disco de spoken word «O Algodão Não Engana», em 2009, Carlão já tem preparada a sequela, com edição prevista para o final de 2011. O vocalista recordou que o primeiro trabalho, que contou com a participação de Lil John (Buraka Som Sistema) e Madkutz, abordava «temáticas de drogas pesadas» e cenários «muito sujos e decadentes» que o próprio precisava de exorcizar.

«Era uma coisa que eu precisava mesmo de pôr para trás das costas. Este "Algodão" que está agora para sair já engana um bocado, por isso será só "O Algodão" em vez de "O Algodão Não Engana". Estou muito contente com o resultado. Depois do Verão, o disco há de ser lançado e provavelmente há de ser apresentado ao vivo, não num circuito normal de concertos ou festivais, mas sim numa coisa algo diferente, mais para auditórios pequenos.»

Dapunksportif têm três novas canções

Quanto aos restantes elementos d'Os Dias de Raiva, João Guincho e Paulo Franco vão preparando calmamente o terceiro longa duração dos Dapunksportif. A dupla tem três temas já compostos e aponta «o final do ano» ou o «primeiro trimestre de 2012» como datas possíveis para um lançamento.

«Estamos na fase em que o estúdio é a nossa casa. Somos independentes, vamos fazendo a coisa ao nosso ritmo e não há aquela pressão de gravar um disco em pouco tempo», contou Paulo Franco.

Nuno Espírito Santo no regresso de Sérgio Godinho aos discos

O baixista Nuno Espírito Santo, habitual colaborador de Sérgio Godinho, está a trabalhar no novo disco do cantautor português, que deverá sair para as lojas «em Setembro ou Outubro». Antigo elemento dos extintos Braindead, Espírito Santo desmentiu ainda a possibilidade de o grupo voltar ao activo, apesar da criação de uma página oficial dos Braindead no Facebook.

Fred entre concertos e sessões de gravação

Baterista em bandas como os Oioai, Yellow W Van, Sam The Kid e Rádio Macau, Fred Ferreira divide as sessões de ensaios entre Os Dias de Raiva e os Orelha Negra, depois de ter participado nos novos discos de Lúcia Moniz e Mafalda Veiga. Fred regressou também ao estúdio com os Buraka Som Sistema para as gravações de «Komba» e partirá com o grupo para a estrada assim que a nova digressão arrancar.
Partilhar
EM BAIXO: Carlão (foto: Manuel Lino)
Carlão (foto: Manuel Lino)

COMENTÁRIOS

PUB
Tecnoforma: Passos Coelho não tinha regime de exclusividade

Parlamento nega assim que o primeiro-ministro tenha violado a lei por acumular as funções de deputado com as de consultor numa empresa entre 1995 e 1999