O cantor norte-americano Prince anunciou que vai fazer uma nova digressão pela Europa, em que irá cantar a solo e tendo como único instrumento um piano. Num formato completamente inédito, o artista vai percorrer 16 cidades europeias ao longo de um mês, com início já no dia 21 de novembro.

De acordo com a AFP, o primeiro espetáculo será na Konzerthaus de Viena e o último no Royal Circus de Bruxelas, a 22 de dezembro. Além do novo formato, Prince promete improviso. Não haverá alinhamento de canções, nem temas repetidos de umas noites para as outras.

O anúncio da digressão “Prince Spotlight: Piano & A Microphone Tour” foi feito pelo próprio no sábado, a partir de uma das salas do complexo Paisley Park, no Minnesota, EUA, quando se preparava para fazer um direto para 200 pessoas.
 
Quando questionado acerca da razão para fazer uma digressão deste género, o cantor respondeu que é um desafio.
 

"Por que é que o faço agora? Por várias razões. Para começar, é um desafio. Não quero ser alvo de más críticas, mas também não quero voltar a fazer o que sei fazer, pois ando a fazê-lo há 30 anos. Há que experimentar coisas novas. Com o piano, é mais a nu, mais puro. Pode-se ver exatamente o que há", disse o músico.


A digressão “Prince Spotlight: Piano & A Microphone Tour” irá passar pela Áustria, Bélgica, Espanha e Reino Unido. Escócia, Holanda, Suíça, Itália, França, Dinamarca e Noruega também vão receber o cantor norte-americano.

Não há, no entanto, nenhuma passagem por Portugal agendada. Prince não toca em território nacional desde 2010, aquando da passagem pelo festival Super Bock Super Rock, onde cantou com a fadista Ana Moura.
 
Depois de quatro anos de pausa em termos discográficos, Prince editou dois álbuns em setembro de 2014. Há dois meses, lançou "HITnRUN phase one", o seu 38º registo de estúdio.