Os Cage The Elephant, Thee Oh Sees, Kevin Morby e os canadianos Suuns são as mais recentes bandas confirmadas para a edição deste ano do Vodafone Paredes de Coura.

Estes quatro nomes juntam-se a outros oito já divulgados pelo festival para esta edição: LCD Soundsystem, Chvrches, Unknown Mortal Orchestra, Sharon Jones & The Dap Kings, The Tallerst Man on Earth, The Bohicas, Ryley Walker e Sleaford Mods.

A 24ª edição, deste que é um dos mais antigos festivais de verão do país, decorre de 17 a 20 de agosto na Praia Fluvial do Taboão, em Paredes de Coura.

Cage The Elephant

Original do Estado do Kentucky, nos EUA, o grupo liderado por Matthew Shultz chega a Portugal um novo álbum no “bolso”, Tell Me I’m Pretty, lançado em dezembro de 2015.

No ano em que completam 10 de anos como banda, o grupo que integra também, Brad Shultz, Nick Bockrath, Daniel Tichenor e Jared Champion, regressa a Paredes de Coura dois anos depois da última vez, quando vieram apresentar Melophobia, o álbum que lhes valeu uma nomeação para a categoria de Melhor Álbum Alternativo, nos Grammys de 2015.

No currículo têm outros dois álbuns, Thank You, Happy Birthday (2011) e Cage the Elephant (2008), tendo este último vendido 500 mil cópias nos EUA até hoje.

           

Thee Oh Sees

Tal como os Cage The Elephant, também os Thee Oh Sees regressam ao palco do Paredes de Coura, dois anos após a última vez. A banda formada em 1997, em São Francisco, na Califórnia, traz consigo o último álbum de originais, Mutilator Defeated at Last, lançado em maio do ano passado.

Conhecidos pelas mudanças de nome (já se chamaram OCS e The Oh Sees, por exemplo) e por lançarem um álbum todos os anos, o quarteto composto por John Dwyer, vocalista e membro fundador, Tim Hellman, Dan Rincon e Ryan Moutinho (atuações ao vivo) chegam a Portugal com o novo single Fortress, e provavelmente com novo álbum, a ser lançado algures na primavera.

           

Kevin Morby

O músico norte-americano regressa a Portugal depois de uma passagem pelo NOS Primavera Sound em 2015, para apresentar o novo trabalho, Singing Saw, com data de lançamento marcada para abril.

O álbum sucede a Still Life (2014) e Harlem River (2013), os dois primeiros trabalhos do ex-baixista dos Woods e ex-guitarrista dos The Babies.

           

Suuns

Os fãs que não os conseguem ir ver já no sábado no festival Tremor, em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, têm uma nova oportunidade em agosto, no Paredes de Coura. Quando a banda canadiana regressar a território nacional já o novo álbum Hold/Still terá saído, para as delícias dos festivaleiros.

No currículo da banda formada por Ben Shemie, Joe Yarmush, Liam O'Neill e Max Henry estão outros dois álbuns de estúdio, Zeroes QC, lançado em 2010, e Images Du Futur, de 2013.

          

 

Com mais de 20 anos de história, o Paredes de Coura parte para a edição de 2016 depois de ter conseguido a melhor de sempre no ano passado, a primeira a esgotar. A edição de 2015, aliás, valeu ao festival os prémios de Melhor Festival de Grande Dimensão, Melhor Cartaz, Melhor Festival Não Urbano, Melhor Campismo e Melhor Ativação de Marca nos Portugal Festival Awards.

Os passes gerais podem ser adquiridos no site oficial do festival, em BOL.pt, Ticketscript, Seetickets e locais habituais por 90 euros.