Os duetos de Freddie Mercury e Michael Jackson, nunca antes editados, vão sair do baú e poderão ser revelados ainda este ano. A revelação foi feita pelo guitarrista Brian May, que no seu site oficial disse estar a trabalhar nas gravações feitas na década de 1980.

«Há algumas canções que estão a ser trabalhadas. Se tudo correr bem, teremos algo para as pessoas ouvirem daqui a um par de meses», escreveu o guitarrista dos Queen, acrescentando que está a colaborar com o produtor William Orbit (Madonna, Blur).

Tal como recorda o jornal «Daily Mail», Freddie Mercury e Michael Jackson gravaram alguns temas no início da década de 80, mas os dois cantores acabaram por se desentender e o resultado das sessões de estúdio nunca viu a luz do dia.

Desde a morte de Mercury, em 1991, e de Michael Jackson, em 2009, que os seus fãs têm sido brindados com o lançamento de vários discos póstumos. A coleção de canções menos conhecidas dos Queen em «Deep Cuts» (2011), e a reedição comemorativa dos 25 anos de «Bad» (2012), de Michael Jackson, são alguns dos exemplos mais recentes.