Os U2 pediram desculpas publicamente a todos aqueles que têm contas no iTunes e que no dia 9 de setembro foram «obrigados» a receber o novo álbum da banda irlandesa.

O lançamento do álbum foi feito de surpresa e coincidiu com a apresentação do novo modelo da marca da maçã, o iPhone 6.

Mas, no final de contas, a atitude da banda e da Apple não foi bem recebida por todos. A «imposição» do álbum a todos os utilizadores do iTunes foi vista por muitos como uma intromissão e até «uma falta de educação», como caraterizou um internauta numa pergunta dirigida à banda.

A resposta e, consequentemente, o pedido de desculpa, surgiu da boca do vocalista, Bono Vox, que reconheceu que a atitude não foi a mais correta, e assumindo uma certa humildade e quiçá «inocência» na apresentação de «Songs of Innocence».

«Desculpem-nos por isso. Tínhamos uma ideia bonita e deixámo-nos levar. Uma gota de megalomania, um toque de generosidade, uma pitada de autopromoção e de medo profundo de que estas canções pudessem não ser ouvidas», assumiu Bono Vox.