1. Jimi Hendrix

O guitarrista foi encontrado morto num quarto de hotel a 18 de Setembro de 1970. As circunstâncias da morte nunca foram bem explicadas e o médico, John Bannister, sugere que um grupo de gangsters terá forçado a entrada no quarto, obrigando Hendrix a tomar comprimidos e vinho que o terão feito asfixiar no seu próprio vómito.

2. Janis Joplin

A cantora e compositora Janis Joplin faleceu 4 de outubro de 1970, aos 27 anos, vítima de uma overdose de heroína. Com uma voz potente e marcante, a texana ganhou fama nos anos 60.

3. Jim Morrison

Jim Morrison, o vocalista dos The Doors, foi encontrado sem vida a 3 de julho de 1971, num quarto de hotel em Paris. O relatório do médico que declarou o óbito falava na morte por ataque cardíaco e na ingestão excessiva de bebidas alcoólicas e a autópsia foi dispensada porque as autoridades francesas não consideraram tratar-se de uma morte por causas violentas.

4. John Lennon

John Lennon foi assassinado a 8 dezembro de 1980, morto a tiro à porta do edifício onde vivia, em Nova Iorque, por Mark David Chapman. O assassino continua a cumprir uma pena de prisão perpétua.

5. Carlos Paião

Morreu a 26 de agosto de 1988 num acidente de viação, em Rio Maior. Tinha 30 anos. Carlos Paião, que terminara o curso de Medicina, acabou por se tornar um nome de referência na música e, em pouco menos de uma década, impôs-se como autor, compositor e intérprete, deixando "canções antológicas" que novos nomes têm recuperado. São os casos de Filipa Cardoso, Fábia Rebordão, Rui Veloso, Sam The Kid, Mesa e Tiago Bettencourt & Mantha.

6. Kurt Cobain

O corpo de Kurt Cobain foi encontrado em Seattle a 8 de abril de 1994. O cantor terá atirado em si mesmo com uma espingarda de calibre 20. Uma investigação concluiu que, dias antes, o músico tinha consumido uma grande dose de heroína. No início desse ano, Cobain já tinha feito uma tentativa de suicídio, tomando uma dose excessiva de tranquilizantes.

7. Mamonas Assassinas

2 de março de 1996. A banda brasileira de rock cómico formada em 1990 lançou o seu primeiro disco em junho de 1995. O álbum catapultou a banda para o sucesso, mas este durou apenas cinco meses. A 2 de março de 1996, o grupo foi vítima de um acidente aéreo onde morreram todos os músicos. A tragédia causou muita comoção no Brasil e, 22 anos depois, a música das Mamonas Assassinas ainda passa nas rádios.

8. Tupac

Tupac foi assassinado com quatro tiros, a 13 de setembro de 1996, depois de assistir a um combate de boxe em Las Vegas. O rapper foi alvejado com vários disparos enquanto seguia num carro conduzido pelo produtor e presidente da Death Row Records, Suge Knight. A polícia não encontrou os autores dos disparos e o caso nunca chegou a ficar resolvido.

9. Aaliyah

25 de agosto de 2001, Aaliyah viajava de avião quando a aeronave caiu por excesso de carga. Com apenas 22 anos, a artista participou em dois filmes, lançou três álbus e foi nomeada cinco vezes para os Grammy.

10. João Aguardela

João Aguardela morreu, em janeiro de 2009, aos 39 anos, vítima de cancro. O músico, que fundou os Sitiados e A Naifa e liderou os projectos Linha da Frente e Megafone, morreu pouco antes de fazer 40 anos.

11. Amy Winehouse

Amy Winehouse morreu aos 27 anos, a 23 de julho de 2011, vítima de uma intoxicação alcoólica. Para trás deixou uma carreira fugaz mas de sucesso - mais de 20 milhões de discos vendidos, cinco prémios Grammy e um Brit Award.

12. Avicii

O DJ Avicii foi encontrado morto, em Omã, aos 28 anos. Não se sabem ainda quais as causas da morte, mas foi divulgado há vários anos que Avicii sofria de uma inflamação aguda no pâncreas, em parte motivada pelo consumo abusivo de álcool.