Justin Bieber foi condenado a frequentar um curso para controlar a raiva, avança o TMZ.

A decisão foi tomada pela justiça norte-americana que condenou o ator por conduzir sem carta, com excesso de velocidade, sob efeito de álcool e drogas e por resistir à prisão a pagar ainda uma multa, para além das aulas.

O caso remonta ao início do ano, em Miami, e a demora da condenação acontece porque o juiz quis que Bieber fosse a imagem de uma campanha anti-drogas nos meios de comunicação, mas o advogado do cantor considerou a ideia «inadequada».

Os juízes queriam ainda forçar Justin Bieber a participar num curso sobre o abuso de bebidas e drogas, o que também foi recusado pela defesa que alegou que o cantor não sofre desses problemas.