Madonna lançou um apelo emocional, na sequência dos ataques de Paris há um mês, que fizeram 130 mortos, gritando durante um concerto, na quarta-feira, na capital francesa:


“Nós não nos vamos curvar ao medo!”


“Eu penso no que aconteceu há quase quatro semanas”, disse a artista visivelmente emocionada: “O coração de Paris e o coração da França bate no coração de cada cidade”.

E acrescentou: “Nós somos um coração e o nosso coração pode bater como um só (…) o poder do amor é maior do que o amor do poder”.

É a música a erguer a voz contra o terrorismo. Um dos alvos dos atentados de Paris a 13 de novembro foi precisamente uma sala onde decorria um concerto dos Eagles of Death Metal

Vinte e quatro dias depois dos atentados de Paris, os Eagles of Death Metal voltaram a subir a um palco da capital francesa, durante um concerto dos U2, na Arena AccorHotels.

"Roubaram-lhes o palco há três semanas e nós gostávamos de lhes oferecer o nosso", afirmou Bono Vox antes de chamar abraçar Jesse Hughes, líder da banda, e dar início ao tema de Patti Smiths, "People Have The Power".