O primeiro disco da banda portuguesa Ararur venceu na categoria de «Melhor Álbum de Jazz Vocal» o concurso mundial Independent Music Awards, disse esta quarta-feira o líder do grupo à agência Lusa.

Liderado pelo compositor António Silva, de Coimbra, o grupo tinha sido selecionado para o The 13th Independent Music Awards, organizado nos Estados Unidos, nas áreas de «Melhor Álbum de Jazz Vocal», com o CD «Ararur», e de «Melhor Música de Jazz Vocal», com o tema «Ela».

«Estamos muito honrados com esta distinção. Acharam que o nosso trabalho tem qualidade e merece ser ouvido», disse o músico.

António Silva salientou que a decisão foi tomada «por um júri muito vasto», constituído por especialistas de vários países, como músicos, agentes, produtores, editores e críticos. «Sentimos muita alegria e muito orgulho», acrescentou.

Álbum de estreia da banda com o mesmo nome, «Ararur» foi gravado em 2013, tendo sido lançado no mercado em outubro, estando também disponível na Internet, para venda.

Através da Internet, o Independent Music Awards tem uma audiência de «um bilião de pessoas à escala global», disse António Silva à Lusa, em março, a propósito da dupla nomeação dos Ararur, entre centenas de selecionados em diferentes géneros musicais.

O grupo de jazz vocal integra cinco jovens músicos, todos licenciados pela Escola Superior de Música de Lisboa, que no ano passado realizaram vários concertos de apresentação do CD em Portugal, designadamente em Lisboa, Coimbra, Serpa e Montemor-o-Velho.